quarta-feira, 13 de julho de 2016

Resenha Especial Dia do Rock: A Estrada da Noite



Hoje, no Dia do Rock, resolvi trazer uma resenha de homenagem, onde o personagem principal se aposentou da vida eletrizante de uma banda de rock. A estrada da Noite é um daqueles livros que te aguça a curiosidade e faz com que você leia mais e mais para saber o destino e os segredos de cada personagem.

Judas Coyne é um aposentado que aos 54 anos, busca apenas uma vida tranquila. Bom, nem tanto. Jude é essa lenda do rock pesado que teve seus momentos de fama entre drogas, bebidas e mulheres.
Jude tem uma coleção um tanto inusitada, e macabra. Tinha, por exemplo, uma confissão de feiticeira que fora enforcada há 300 anos e, um laço usado para enforcar um homem. Mas, foi seu assistente que lhe mostrou a oferta irresistível na internet do pior dos itens dessa coleção: o paletó de um morto, o qual era acompanhado do espirito do dono. Macabro para qualquer um, exceto para Jude.
"Compre o fantasma do meu padrasto [...]Seis semanas atrás, meu padrasto, já idoso, morreu de forma súbita. [...] Vou 'vender' o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto. É claro que uma alma não pode de fato ser vendida, mas creio que ele irá para sua casa e ficará ao seu lado se você estender o capacho de boas-vindas. Vou enviar o paletó preferido do meu padrasto. Acredito que, se o espírito dele está ligado a alguma coisa, só pode ser a isso.”
Seu lance de 1.000 dólares arremata esse mórbido leilão e ele recebe o paletó. O que ele não desconfiava é que não existiu acaso na sua compra. O anuncio era direcionado a ele, era a isca perfeita para fisgar Jude, muito bem usada por alguém que planeja vingança. Ao receber sua encomenda, a presença na caixa já se faz notar. O fantasma espreita em todos os cantos e entra na vida de Jude.
Agora, a saída é pegar a estrada com a atual namorada, em uma viagem para encontrar e encarar os fantasmas do passado para que se livrem do fantasma do paletó. 
No decorrer do livro vão surgindo as respostas para os enigmas e tudo vai se encaixando, e no final nada fica sem explicação. O que o faz muito bem desenvolvido, o que mostra que Joe Hill teve em quem se espelhar e, com certeza, pediu dicas ao pai que é mestre em terror (sim, ele é filho de Stephen King.).


Minha Avaliação 




Ficha Técnica:
Título: A Estrada da Noite
Autor(a): Joe Hill
Editora: Sextante
Páginas: 256
Gênero: Histórias de fantasmas, Ficção americana
ISBN: 978-85-99296-13-4

24 comentários:

  1. Oie Jana!
    Eu estou há teeeeempos pra ler esse livro! Vira e mexe encontro por aí nas lojas virtuais, mas sempre acabo deixando pra depois. Estou muito curiosa para saber se Joe puxou o talento do pai (que responsabilidade, né? rs), vou deixar de preguiça e garantir já minha edição.

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Débora! Isso mesmo, leia e depois nos conte o que achou!
      Realmente né, que responsabilidade para Joe!
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir
  2. Nossa, achei que a premissa do livro seria completamente diferente e acabei ficando foi (ainda) mais curiosa hahaha

    Blog.
    Facebook.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Então, me surpreendi também! Leia e depois nos conte o que achou!
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir
  3. Oi Jana!
    Eu terminei esse livro ontem, e meu Deus! Como fiquei apreensiva com o Jude e a Geórgia nesse livro, eu me apeguei neles demais, e nos cachorros também :(... Quanta loucura né?! E o final então, não deixa a desejar nadinha...
    Adorei teu blog e já estou seguindo aqui... Bjus!!!

    www.lendo1bomlivro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Obrigada Day, fico muito feliz que tenha gostado. Então, fiquei bem envolvida também na história, queria ler sem parar pra ver o que ia acontecer! Me surpreendi muito...
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir
  4. Oi Jane! Não conhecia o livro, mas gostei da premissa, apesar de ser um tanto macabro rsrsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mi. então, tem um ar sombrio mesmo... mas, olha adorei a história! Leia e depois nos conte o que achou!
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir
  5. Oi Jana, Aqui é o And do Geek Reader, já estou seguindo tbm.
    gostei de sua resenha, esse foi o primeiro livro
    de terror que li, e fiquei doido pela escrita do Joe
    quero ter todos... kkk

    Abrçs, And - Geek Reader

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, And! Obrigada! Gostei muito da escrita dele também!
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir
  6. Desejei esse livro por um boom tempo e me surpreendi quando o tive em mãos, é uma história muito boa, mas não sei, acho que da metade pro fim perdeu o ritmo, algo não funcionou muito bem. Mas adorei o verdadeiro motivo do fantasma estar seguindo ele, que loucura hahaha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carol. A ideia do livro realmente é muito boa, acontece de perder o ritmo mas, faz parte né.
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas


      Excluir
  7. Eu sou medrosa e já fiquei meio assustada só lendo a parte do palitó HAHAHAHA mas a dica é válida, gostei!
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gabi! Olha realmente dá um pouquinho e medo sim! Mas depois que acostumamos com a história ela flui bem!

      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir
  8. Ah que legal, tanto o livro quanto a premissa e o fato de o autor ser filho do tão renomado Stephen King, contudo, esses livros com essa temática passam longe de mim porque sou muito medrosa. Mas nunca diga nunca... haha'

    Beijos
    aguardandoogatobranco.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lara! Realmente, dá um pouquinho de medo mesmo. Mas, depois que se acostuma com a história flui bem. Leia, e depois volta pra me contar!
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir
  9. Oi Jana!
    Fico com muito receio de ler algo do Joe Hill e ficar comparando a escrita dele ao do King.
    Já ouvi muitos comentários positivos sobre a escrita dele,que é surpreendente e envolvente.
    Quero dar uma chance pra ele e provavelmente começarei com esse.
    E tem rock no meio,como não gostar né hahaahhahahaha
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cláudio! Uma responsabilidade e tanto para Joe né kkkk. Mas, leia sim e depois volte para me contar!
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir
  10. Então, eu já li todos os livros do Joe Hill, e posso dizer que o melhor de todos (ao meu ver) é o Nosferatu. Um livro grande mas encantador, pois tem terror, uma história bem amarrada. Adorei. Além de citar brevemente a estrada da noite, o pacto (amaldiçoado) e até a coisa (do Stephen King).
    Abraços
    nacidelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá, Rafael! Ainda não li Nosferatu, mas quero ler com certeza! Valeu a dica!
    Beijos, Jana!

    Blog Eu Li nas EntreLinhas

    ResponderExcluir
  12. ooooi, tudo bem? :D
    Acredito que esta seja uma ótima dica para o Ro (outro ADM do blog), ele AMA o King e pelo que comentou a história tem uma pegada parecida com as do Stephen.

    SIGA BIO-LIVROS | PÁGINA | Produtos Natura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Dani. Então, comente com ele sim, porque se ele gosta do King vai se interessar!
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir
  13. ooi!
    Já ouvi falar do autor por ai, adoro esse tipo de livro e fiquei bem curiosa por causa da resenha! Adorei!
    bjs xxx
    lendocomela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, Macaela. Que bom que gostou! Leia sim, e depois volta para nos contar!
      Beijos, Jana!

      Blog Eu Li nas EntreLinhas

      Excluir